SEÇÃO DE RETRATO FALADO (SRF)

retrato-falado

Inserida na Coordenação de Serviços Integrados, Pesquisas, Desenvolvimento e Inteligência do Instituto de Identificação, a Seção de Retrato Falado (SRF) foi consolidada no organograma da Polícia Civil do Estado de Goiás por meio da Portaria nº 533/2017 – GDGPC/PCGO, de 19 de outubro de 2017, e da Portaria nº 22/2017 – GI/PCGO, de 06 de novembro de 2017.

 

A Seção é responsável pela confecção de Retratos Falados para Delegacias de Polícia Especializadas, dentre outras que requisitarem agendamento, e tem por legado a inauguração do serviço no âmbito da Polícia Civil do Estado de Goiás. Hoje a confecção de Retratos Falados não fica restrita à Seção e já é realizado por peritos em papiloscopia lotados em Delegacias de Polícia distribuídas ao longo do território goiano.

O Retrato Falado teve sua origem com o francês ALPHONSE BERTILLON – considerado pai do retrato falado, um dos precursores da identificação humana. Nesta época, final do século XIX, a identificação criminal era feita por meio de fichas que recebiam apenas o nome do individuo preso e o rol de suas características físicas.

O Retrato Falado, hoje denominado de Representação Facial Humana, é a representação de uma pessoa, por intermédio de uma imagem, conforme a descrição de seus caracteres físicos gerais, caracteres físicos específicos e de seus aspectos distintivos.

A Representação Facial Humana objetiva apresentar uma referencia de quem a policia deve procurar, ou seja, a principal finalidade é reduzir o universo de suspeitos, incluindo ou excluindo pessoas do processo investigatório.

O Retrato Falado não é a fotografia do suspeito, não há esta pretensão, a imagem produzida é aquela descrita pelo observador do fato criminoso e confeccionada pelo perito papiloscopista.

Agendamento:

Fone: (62) 3201-1109
E-mail: retratofaladoii@policiacivil.go.gov.br

Horário de Atendimento:

Segunda a Sexta – 08:00 às 18:00