5 de fevereiro – Dia do Papiloscopista

1090

O Dia do Papiloscopista, comemorado neste 5 de fevereiro, merece máximo destaque em reconhecimento à importância destes profissionais na atividade pericial. Prestam um serviço de excelência à sociedade e contribuem significativamente para todo o processo investigativo levado a efeito pela Polícia Civil.

Na tarde desta segunda-feira, estive no Instituto de Identificação da Polícia Civil, onde reuni-me com papiloscopistas e com o gerente deste órgão, delegado Breynner Cursino. Em nome deles, parabenizo todos os papiloscopistas que trabalham em diferentes regiões do nosso Estado. Nesta data, a propósito, comemoramos também 115 anos da Papiloscopia no Brasil.

Histórico e Profissão

Papiloscopia  é a ciência que trata da identificação humana através das papilas dérmicas presentes nas palmas da mão e na sola dos pés. Apesar de a nomenclatura ser desconhecida pela maioria da população, os papiloscopistas são os peritos oficiais mais antigos no Brasil, sendo oficializados pelo Decreto 4.764 de 1903.

A profissão do papilosocopista é reconhecida há mais de uma década, mas não perdeu a importância frente aos avanços das tecnologias de individualização. Esse processo encontra- se evolução desde a Idade Média, onde o primeiro signo individualizador criado pelo homem foi o nome. Depois passamos por metologias como o ferrete, mutilação, tatuagens, processo antropométrico até chegarmos a papiloscopia, que atualmente é o método existente mais eficaz, rápido e de baixo de custo e a maior garantidor da identificação humana.

apresentacao-breynner

O trabalho realizado por pelo papiloscopista é extenso, eles são eles encarregados pela coleta, levantamento, análise de vestígios papilares e organização de toda base civil e criminal de impressões digitais do Estado. O trabalho não se restringe apenas as impressões digitais, mas a toda identificação, sendo responsáveis também pelos retratos falados, exames prosopográficos, além da identificação necropapiloscópica.

Hoje, dia 5 de fevereiro, data em que o decreto completa 115 anos, é também comemorado o dia do papiloscopista. Profissional imprescindível para a perícia forense e  identificação humana.

A direção do Instituto de Identificação parabeniza a todos papiloscopistas!